0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A vigésima terceira edição do evento Paixão de Ler: viva a carioquice! está sendo realizada de 05 a 12 de novembro nas Bibliotecas, Escolas e Equipamentos Culturais da cidade do Rio como parte do calendário de comemorações dos 450 anos da Cidade Maravilhosa.

Na manhã desta sexta feira (06) o Museu de Arte do Rio (MAR) recebeu o Paixão de Ler e a cerimônia de lançamento do Projeto Rio Cidade Livro, uma plataforma de cartografia literária que a partir de smartphonestablets e computadores, será possível acessar mapas digitais, com diversas indicações de cenas, personagens, dados históricos e outras curiosidades de obras e autores da literatura brasileira.

Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

A mesa do 23º Paixão de Ler contou com a participação de Antônio Torres, escritor, imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) e um dos grandes nomes da literatura do país; Claudio Soares, escritor, editor e um dos idealizadores do Rio Cidade Livro e Rafael da Biblioteca Rio 450 que representou o secretário municipal de cultura, Marcelo Calero.

Antônio Torres destacou a importância dos eventos de comemoração dos 450 anos do Rio para o resgate da literatura produzida na cidade carioca. “Ao lado de Paris, o Rio de Janeiro é a cidade mais cantada e poetizada”, destacou Torres que ocupa a cadeira de número 23 da ABL, que foi de Machado de Assis.

Antônio Torres. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Antônio Torres. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Em seguida Claudio Soares falou sobre o Projeto Rio Cidade Livro e do processo de edição de 125 anos de O Cortiço de Aluisio Azevedo intitulada, O Cortiço Anotado. “Precisamos capturar a atenção do leitor, ler os clássicos e falar deles para os mais jovens”, ressaltou Soares.

Claudio Soares. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Claudio Soares. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Claudio Soares apresenta o Rio Cidade Livro. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Claudio Soares apresenta o Rio Cidade Livro. Foto: Hanna Gledyz / Agência Biblioo

Por fim, Rafael falou sobre a Biblioteca Rio 450 e apresentou algumas obras que estão disponíveis no acervo Rio 450 anos.

A edição 50 da Revista Biblioo será publicada em breve e vai trazer uma entrevista exclusiva com Claudio Soares que falou sobre o Projeto Rio Cidade Livro e como foi as etapas e desafios para a edição anotada de O Cortiço e sua relação com a obra de Aluisio Azevedo.

Não deixe de conferir as entrevistas com Antônio Torres e Cláudio Soares.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Cláudio Soares

Próximo post

Novo vazamento de água na Biblioteca Nacional

Sem comentários

Deixe uma resposta