0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A correria do dia a dia nem sempre nos permite observar determinados detalhes de uma cidade como o Rio de Janeiro, muito menos refletir sobre como certas construções se integraram ao panorama urbano. Este talvez seja o caso do Canal do Mangue, o qual se estende desde a Avenida Presidente Vargas até a Baia de Guanabara, altura do Terminal Rodoviário Novo Rio, região central da cidade.

Nestas fotos pertencentes ao acervo da Biblioteca de Obras Raras do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é possível observar com detalhes o desenrolar da obras que se estendeu por anos.

Numa das fotos aparece ao fundo o Morro do Corcovado ainda sem o Cristo Redentor. No mês em que a cidade do Rio Completa 450, estas imagens servem para mostra o quão árdua tem sido a história deste lugar.

 Canal do Mangue 1 Canal do Mangue 2 Canal do Mangue 3 Canal do Mangue 4 Canal do Mangue 5 Canal do Mangue 6 Canal do Mangue 7 Canal do Mangue 8 Canal do Mangue 9 Canal do Mangue 10 Canal do Mangue 11 Canal do Mangue 12 Canal do Mangue 13 Canal do Mangue 14 Canal do Mangue 15 Canal do Mangue 16 Canal do Mangue 17 Canal do Mangue 18 Canal do Mangue 19 Canal do Mangue 20 Canal do Mangue 21 Canal do Mangue 22 Canal do Mangue 23 Canal do Mangue 24 Canal do Mangue 25 Canal do Mangue 26 Canal do Mangue 27 Canal do Mangue 28 Canal do Mangue 29 Canal do Mangue 30 Canal do Mangue 31 Canal do Mangue 32 Canal do Mangue 33 Canal do Mangue 34 Canal do Mangue 35 Canal do Mangue 36 Canal do Mangue 37 Canal do Mangue 38 Canal do Mangue 39 Canal do Mangue 40 Canal do Mangue 41 Canal do Mangue 42 Canal do Mangue 43 Canal do Mangue 44 Canal do Mangue 45

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Crise na UFRJ

Próximo post

Rio 450 anos

Sem comentários

Deixe uma resposta