0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Com os objetivos de promover o empoderamento digital e fortalecer as habilidades dos profissionais de bibliotecas, a organização social Recode lança convocatória para selecionar 270 bibliotecas públicas e comunitárias em todo o Brasil até o dia 16 de setembro. O edital está disponível no site www.recode.org.br/bibliotecas.

O programa Recode Bibliotecas irá oferecer apoio e formação para estimular o protagonismo dos profissionais e dos jovens na transformação social e digital de suas comunidades. Os participantes serão motivados a traçar uma nova programação para esses espaços em sintonia com as demandas locais, tendo a inovação e a tecnologia como aliadas.

O percurso formativo inclui temas como pesquisa da comunidade, estratégias de comunicação e articulação de parcerias, visando ao aumento do número de frequentadores nas bibliotecas e o reconhecimento de boas práticas.

Para participar da convocatória, as instituições devem ter um CNPJ ativo e no mínimo dois computadores instalados e voltados para o uso da comunidade, com conexão à Internet.

A Recode, que hoje atua em parceria com 200 bibliotecas públicas em todas as regiões do Brasil, celebra a possibilidade de ampliar o impacto em benefício de comunidades e jovens em situação de vulnerabilidade social.

“Partimos de uma valiosa experiência de 24 anos no campo da tecnologia, cidadania e formação de redes para incentivar a atuação de bibliotecas transformadoras, empoderadas para acelerar o desenvolvimento econômico, cultural e digital de suas localidades”, celebra Rodrigo Baggio, presidente da Recode.

A organização, pioneira no setor, tem presença em 8 países e já alcançou 1.7 milhão de pessoas, tendo recebido mais de 60 prêmios de organizações como Unesco, Time, CNN e Banco Mundial.

O programa Recode Bibliotecas ainda oferece formação online para jovens em cursos de tecnologia para empoderamento digital e busca atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente aos Objetivos 4 (Educação de Qualidade) e 8 (Emprego Digno e Crescimento Econômico).

A iniciativa está alinhada ao Plano Nacional do Livro e Leitura e tem o apoio do Movimento Bem Maior, do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e dos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas.

Conquistas

Iniciada em 2015, a iniciativa da Recode reúne parceiros em todas as regiões do Brasil, com 138 comitês de jovens criados, 90 novas programações já implementadas e 12 mil pessoas contempladas. As melhores práticas de novas programações foram reconhecidas e integraram a primeira edição da publicação Bibliotecas Transformadoras.

Entre as novidades, a biblioteca de Domingos Martins (ES) passou a oferecer cursos de tecnologia e empoderamento para mulheres atendidas pelo serviço de saúde mental. Já em Redenção (PA), a escuta da comunidade deu origem a oficinas e cursos voltados ao uso da tecnologia para empreendedorismo e mercado de trabalho, incluindo temas como plano de negócios, desenvolvimento web e programação de computadores.

Sobre a Recode

A Recode é uma organização social que promove o empoderamento digital. Por meio da criação e disseminação de metodologias de formação empreendedora e do uso de ferramentas digitais, busca ampliar o impacto de facilitadores em comunidades, escolas e bibliotecas e estimular o uso ético, consciente e cidadão da tecnologia.

Assim, empodera indivíduos para reprogramar realidades. Com 24 anos de atuação, está presente em 8 países com 689 centros de empoderamento digital e já alcançou mais de 1,7 milhão de pessoas.

Serviço

Convocatória Recode Bibliotecas

Inscrições em www.recode.org.br/bibliotecas

Prazo: 16/09/2019

Recode na Bienal do Livro do Rio

Como bibliotecas podem ser cada vez mais relevantes para suas comunidades no contexto da transformação digital? Como os profissionais que atuam nesses espaços podem entender as necessidades locais e usar a tecnologia a serviço da transformação social?

Esses são alguns dos temas em debate no workshop Bibliotecas Transformadoras, realizado pela organização social Recode na Bienal do Livro do Rio nos dias 3 e 6 de setembro, às 11h, no Espaço de Leitura e Aprendizagem do estande da Microsoft Educação.

No encontro, a Recode apresenta experiência com o programa voltado ao apoio e formação de 200 bibliotecas em todas as regiões do Brasil, bem como novas oportunidades para espaços interessados em fazer parte dessa rede.

Serviço

Evento: Workshop Recode – Bibliotecas Transformadoras

Datas: 3 e 6 de setembro, às 11h

Local: Bienal do Livro – Espaço de Leitura e Aprendizagem (Estande Microsoft Educação), Riocentro – Pavilhão 3 – Azul

Não são necessárias inscrições prévias

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Bienal do Livro do Rio é aberta com homenagem a Maurício de Souza

Próximo post

Prefeitura de São Gonçalo, no RJ, pretende regulamentar profissão de bibliotecário