1
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Do G1 de TO

Para incentivar o gosto pela leitura de estudantes da rede de ensino municipal, o poeta Valdemar Rodrigues desenvolve um projeto levando literatura de cordel e música para cerca de 400 alunos da Escola de Tempo Integral Vinícius de Moraes, em Palmas. O projeto já é desenvolvido há cerca de 2 anos.

“Quem lê muito escreve muito, fala muito e fala bem. O vocabulário cresce. Há uma série de coisas que a leitura proporciona”, afirma.

Usando versos ele explicou o amor pela leitura e o motivo de desenvolver o projeto. “Eu me vi obrigado a fazer isso porque a minha família é grande tem gente de todo jeito. Uns adoram ir para a escola outros rejeitam. Só lê bula de remédio porque diante do tédio não tem outro jeito”, conta.

“E não é só a minha família que vive despercebida. Tem muita gente no mundo que vive desprevenida. Sem amor pela leitura, vive a zombar da cultura e ainda diz curtir a vida”, finaliza.

O cordelista conta que o pai dele não teve a oportunidade de frequentar uma escola e aprendeu a ler por meio do cordel. Foi essa arte que inspirou Rodrigues a se tornar poeta e criar o projeto.

Para os alunos a aula é sinônimo de diversão e aprendizado. “É muito bom porque através da aula dele e do cordel a gente aprende a ler e a fazer rimas”, comentou Mylene Alves, de 9 anos. “É bom para aprender a leitura e fazer frases bonitas”, afirmou Gustavo Veras Pacheco.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

“Ditadura em cena” resgata momentos dos Anos de Chumbo

Próximo post

Brasil: universidade sem tecnologia?

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *