7
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Este ensaio visa apresentar a importância do conhecimento dos operadores booleanos por profissionais da área de Biblioteconomia. Com o avanço da informática, a criação da web, o desenvolvimento de softwares de automação para bibliotecas e a criação de repositórios digitais, a ferramenta é utilizada, com o objetivo de facilitar a recuperação da informação para os usuários e otimizar o tempo de busca. A obra de George Boole e seu trabalho influenciaram a criação dos operadores booleanos utilizados na busca, tanto da internet, quanto em bases de dados acadêmicas.

A Biblioteconomia surge no período remoto, quando o homem sente a necessidade de registrar informações. As primeiras coleções eram formadas por suportes minerais, as tablitas. Com os avanços da humanidade, o homem desenvolve outros materiais, surgindo os papiros e os pergaminhos. A criação do papel favorece a expansão das bibliotecas, porém, até o século XV, a produção de livros era limitada. Mas em 1440 ocorre mais um grande avanço tecnológico: Johann Gutenberg inventa a prensa, e com isso os impressos conquistam espaço e criam diversas mudanças, principalmente na área da Biblioteconomia. Ocorre a disseminação acelerada da informação.

Atualmente, em decorrência da tecnologia da informação, a biblioteca está totalmente disponível ao seu usuário. Mesmo a unidade de informação mais simples pode estar informatizada. Essa automação fez com que os serviços se tornem mais eficientes e as interfaces de pesquisa, chamadas interfaces amigáveis, ajudam o pesquisador, de forma quase intuitiva, a realizar sua pesquisa e recuperando as informações buscadas prontamente.

Para entender melhor a busca booleana é interessante conhecer um pouco da vida e trabalho de George Boole, matemática que nasceu em 1815, na cidade de Lincoln, Inglaterra. Boole cursou a escola comum. Ele acreditava que o conhecimento o ajudaria a se elevar acima de sua situação na sociedade. Na adolescência ele frequentou a escola comercial. Nesta escola aos 17 anos ele passou a ser monitor, depois passou a lecionar como professor na escola primária. Nessa época percebeu que tinha que desenvolver seus conhecimentos na área de matemática, começando assim a estudar e dominar o trabalho de matemáticos como Laplace e Lagrange.

Em 1834, Boole foi nomeado professor de matemática no recém-fundado Queens College, em Cork. Em 1854 publicou Investigation of the Laws of Thought. O matemático investigou e concebeu uma forma de álgebra com três operações fundamentais: AND, OR, NOT com as quais podia manipular proposições quase da mesma maneira como se faz com os números.

A álgebra de Boole contém três operações básicas, AND, NOT e OR, e até 1937 não teve qualquer utilidade prática, quando foi aplicado por A. Nakashima e depois por Claude E. Shannon, que a aproveitou no circuito de relés. O trabalho de Boole é utilizado no processamento de dados de computador, na automatização da produção industrial, na teoria aplicada aos fluídos e na ciência da informação.

Os operadores booleanos na recuperação da informação

Para recuperação da informação ter qualidade, além da base de dados ter uma boa linguagem de consulta, é importante um planejamento exato da estratégia de busca. Essa estratégia é um conjunto de ações ou táticas e precisam estar criteriosamente relacionadas com as restrições e/ou limites determinados pelo usuário. O usuário também deve traduzir sua necessidade utilizando, além da estratégia, algumas outras especificações, como por exemplo, o uso de palavras-chave.

A consulta booleana é a mais antiga e ainda muito utilizada forma de combinar consultas de palavras-chaves usando operadores booleanos. É baseada na teoria dos conjuntos e na álgebra booleana, onde os documentos são representados por um conjunto de termos indexados. Os documentos recuperados são aqueles que contêm os termos que satisfazem a expressão lógica da consulta, considerada como uma expressão booleana convencional formada com os conectivos lógicos AND, OR e NOT.

AND

Uma expressão conjuntiva dos enunciados A AND B recuperará documentos indexados com ambos os termos. A pesquisa equivale a intersecção do conjunto dos documentos A e B, conforme figura abaixo:

A expressão AND, assim restringe a busca, recuperando todos os documentos existentes na base que mostrem os termos utilizados

AND NOT

A pesquisa das expressões A AND NOT B resultará numa busca onde o resultado será pelos termos indexados de A e que não são indexados de B. O AND NOT pode ser visto como um operador de diferença entre conjuntos.

O operador AND NOT restringe a busca, excluindo informações, ou porque se referem a aspectos que já se conhece ou porque não há interesse no documento.

OR

OR é uma expressão disjuntiva. A OR B revocará o conjunto dos documentos indexador por A ou por B. Essa pesquisa equivale à união entre os conjuntos dos termos.

O termo OR amplia a busca, recuperando uma maior quantidade de informações com termos sinônimos, relacionados ou similares.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os avanços da tecnologia e da ciência da informação sempre estiveram interligados, fazendo com que a sociedade também evoluísse, o homem sempre buscou maneiras de facilitar seu dia a dia, sua maneira de se expressar, de se comunicar e de registrar seu conhecimento para o futuro. No século XV, Gutenberg cria a prensa, fazendo com que o livro se tornasse mais acessível e isso deu origem a explosão informacional. Os cientistas da informação começaram a desenvolver técnicas e códigos para organizar essas informações e um dos meios encontrados foi a criação de fichas.

Porém, os maiores progressos na tecnologia ocorreram no século XX quando surgem os computadores que se tornaram cada vez mais velozes e menores e nasce a web, interligando as pessoas de todas as partes do mundo. O trabalho de um matemático inglês teve grande importância, pois, auxiliou tanto a tecnologia da informação, quanto a recuperação da informação. A lógica de Boole ganha maior expressão quase 100 anos após a morte de seu criador.

Um dos mais eficientes modelos de recuperação da informação é a busca booleana, onde são utilizados operadores que filtram a revocação das informações. Os operadores AND, AND NOT e OR estão presentes tanto em bases de dados de bibliotecas como nos grandes sites de busca.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Retrospectiva 2016: os fatos que marcaram a cultura informacional no ano

Próximo post

Olhar de um bibliotecário

Sem comentários

Deixe uma resposta