3
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A Biblioteca Central do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (BCG/SDC/UFF), localizada no Campus do Gragoatá, em Niterói (RJ) possui no 1º andar um piano cedido pelo Centro de Artes da UFF quando este passou por uma grande reforma. Finalizada a reforma em 2014, o piano permaneceu na BCG e, desde 2018, a biblioteca vem ofertando a possibilidade dos alunos tocarem o instrumento.

Raphael da Silva, mestrando em História, utiliza o piano no horário da noite. Foto: Luciana Rodrigues / Agência Biblioo

Para o piano estar disponível, os interessados devem se reportar ao Espaço Cultural e marcar um horário com o bibliotecário responsável pelo setor, Flávio Ferreira Junior. Segundo o mesmo, até o momento houve apenas uma única reclamação formal alegando falta de silêncio no ambiente.  Para não ter problemas,  a BCG realizou uma pesquisa direcionada aos usuários da biblioteca para o uso do piano.

A pesquisa foi realizada no período de 20 a 27 de junho de 2018 e contou com a participação de 203 participantes (119 preencheram o formulário físico e 84 o online). Os resultados mais pertinentes foram que do total, 189 foram a favor do uso do piano pelos estudantes; destes,  91 pessoas foram a favor do uso nos 5 dias da semana e 40 pessoas marcaram todos os horários estipulados.

Sendo assim, foi estipulado a seguinte agenda:

Segunda a sexta-feira nos horários de 9h às 10h; 18h às 19h; 19h às 20h e 20h às 21h (quando a BCG estiver no seu horário de funcionamento normal que é das 8h30 às 21h);

Segunda a sexta-feira nos horários de 10h às 11h; 17h às 18h e 18h às 19h (quando a BCG estiver no seu horário especial de recesso escolar que é das 10h às 19h).

Segundo Flávio, o piano vem sendo utilizado por 14 alunos. Um destes alunos é Raphael Castelo Branco da Silva (Mestrando em História/ UFF) que nas horas vagas, no horário da noite, vem tocando um repertório que vai da música clássica a popular brasileira o que agrada bastante aos bibliotecários que trabalham na instituição. O instrumento também vem sendo utilizado em eventos como lançamentos de livros na Biblioteca.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

O perverso reflexo do racismo na literatura brasileira

Próximo post

São Gonçalo, RJ: cidade leitora?