0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Na tarde desta terça-feira (25) foi votado em regime de urgência o Projeto de Lei 2748/2014, que institui pisos salariais no âmbito do Estado do Rio de Janeiro para categorias profissionais, dentre elas a de bibliotecário (a). Como demonstra o inciso IX do projeto de lei:

IX – R$ 2.211,39 (dois mil, duzentos e onze reais e trinta e nove centavos) – Para administradores de empresas; arquivistas de nível superior; advogados; contadores; psicólogos; fonoaudiólogos; fisioterapeutas; terapeutas ocupacionais; arquitetos; engenheiros; estatísticos; profissionais de educação física; assistentes sociais; biólogos; nutricionistas; biomédicos; bibliotecários de nível superior; farmacêuticos; enfermeiros; bombeiro civil mestre, formado em engenharia com especialização em prevenção e combate a incêndio; e turismólogo.

Além da questão do piso salarial, o Sindicato de Bibliotecário do Rio de Janeiro (SINDIB-RJ) conseguiu pleitear a inclusão no Projeto de Lei 20140302748 os Auxiliares de Biblioteca, Assistentes de Biblioteca, Técnicos de Biblioteca, assim como a correção na nomenclatura de Bibliotecário de nível superior para Bibliotecário. Questões que foram atendidas pelo Deputado Estadual do Psol, Marcelo Freixo.

Para saber mais a respeito da votação na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) confira o texto da ordem do dia, o projeto de lei na íntegra e abaixo as fotos do plenário durante a votação.

Fotos: Rodolfo Targino

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

A cultura do livro: por que a leitura obrigatória é ruim para o Brasil

Próximo post

Ato contra contra a criminalização das lutas acontece no Centro do Rio

3 Comentários

  1. 26 de fevereiro de 2014 a 22:46 — Responder

    Boa notícia!!!!

  2. Robson de Jesus Rua
    13 de março de 2014 a 19:10 — Responder

    Já está no Diário Oficial do Estado?

  3. Robson de Jesus Rua
    13 de março de 2014 a 22:10 — Responder

    Já está no Diário Oficial do Estado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *