0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Museus da República, Museu Histórico Nacional e MNBA são alguns dos espaços que ameaçam estar fechados durante a Copa do Mundo

D’O Globo

Apesar da determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que os funcionários do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) encerrem a greve, os museus federais do Rio de Janeiro seguem fechados para visitação na manhã desta quinta.

Após a decisão do STJ, divulgada na tarde de ontem, o comando nacional de greve da cultura se reuniu e decidiu continuar no movimento de paralisação. Os servidores também alegam não terem recebido ainda a notificação judicial da decisão, o que retardaria o retorno às atividades normais.

Os servidores da Cultura estão em greve desde o dia 12 de maio. Na decisão do STJ, divulgada na tarde de ontem, também está prevista a penalização de qualquer prática de cerceamento à livre circulação de cidadãos e de turistas, que ocupam os pontos turísticos do país por conta da Copa do Mundo.

No Estado do Rio de Janeiro, importantes museus seguem de portas fechadas, como o Museu da República, o Museu Histórico Nacional, o Museu Nacional de Belas Artes, os Museus Castro Maya, o Museu Villa-Lobos e o Museu Casa de Benjamin Constant.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Em ato inédito, diplomata usa kindle em juramento sobre Constituição

Próximo post

Leitura 
faz crescer

Sem comentários

Deixe uma resposta