0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+
Por Assessoria de Comunicação Social, do Ministério da Cultura.
Vista antiga do Museu Nacional de Belas Artes - Foto de Marc Ferrez.
Vista antiga do Museu Nacional de Belas Artes – Foto de Marc Ferrez.

Na próxima terça-feira (13/01), o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), vinculado ao Ministério da Cultura, completará 78 anos. Em comemoração, abre suas portas, na mesma data, para a exposição “Apreensões e Objetos do Desejo: obras doadas pela Receita Federal ao MNBA” . A mostra conta com 20 obras de arte, algumas arrematadas em leilões das prestigiadas Sotheby’s e Christie’s, e segue até 29 de março.

A diretora do museu explica que as novas peças completarão lacunas relativas ao período moderno e contemporâneo do acervo já existente no museu. As obras estarão expostas temporariamente e passarão, depois, por um processo de conservação e pesquisa para figurarem no circuito permanente do MNBA.

Os visitantes poderão ver trabalhos do italiano Michelangelo Pistoleto, do indiano Anish Kapoor, do húngaro Victor Vasarely e do argentino Miguel Ángel Ríos, entre outros. Além disso, a mostra contempla obras de brasileiros, como dos gêmeos Otávio Pandolfo e Juarez Machado, assim como de Beatriz Milhazes e Daniel Senise, entre outros.

Além dessa exposição, estará em cartaz, também a partir de 13 de janeiro, também no MNBA, a mostra “Ver e Sentir Através do Toque”, para pessoas cegas ou com baixa visão. José Borges da Costa, Tarsila do Amaral, Manabu Mabe e Francisco Rebolo são os artistas com obras expostas.

História

O acervo do MNBA remonta aos tempos do Brasil Império, com o conjunto de obras de arte trazido por D. João VI de Portugal, em 1808. A esse acervo, juntou-se a coleção de Joachin Lebreton, chefe da missão artítica francesa e outras obras dos séculos 19 e início do século 20.

Em 1937, foi construída a nova sede da Escola Nacional de Belas Artes, com projeto do arquiteto Moralles de los Rios, e o acervo foi transferido para lá. Em 13 de janeiro de 1937 o Museu foi criado oficialmente.

Serviço

Exposição: “Apreensões e Objetos do Desejo: obras doadas pela Receita Federal ao MNBA”
Período: 13 de janeiro até 29 de março.
Local: Sala Bernardelli, Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia (RJ).
Visitação: terça/sexta de 10h às 18h;  sábado, domingo e feriado de 12h às 17h.
Ingresso: entrada franca em janeiro, mês de aniversário do MNBA(comemorado no dia 13).
Tel:(21) 3299-0600.

Exposição: Ver e Sentir Através do Toque
Abertura: 13 de janeiro,  a partir de 11:30h.
Período: 13 de janeiro a 02 de maio
Sala: Flamengo-Holandês, situada no 2º andar
Visitação: terça/sexta de 10h às 18h;  sábado/domingo/feriado de 12h às 17h.
Ingresso: entrada franca em janeiro, mês de aniversário do MNBA

Com informações do Museu de Belas Artes.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Perspectivas para 2015

Próximo post

Museu Nacional: instituição é fechada por falta de dinheiro

Sem comentários

Deixe uma resposta