0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Do G1 Mogi das Cruzes e Suzano

O Museu da Energia de Salesópolis corre o risco de ser fechado por falta de recursos da Fundação Energia, que administra o espaço. De acordo Rita Martins, membro das Diretoria executiva da fundação, a instituição passa por sérias dificuldades financeiras que poderão “exigir sua reestruturação, incluindo a possibilidade da suspensão das atividades do Museu da Energia de Salesópolis e das demais unidades de sua rede, sem prazo definido”. Ela destacou que para a realização de suas atividades, a instituição conta com recursos de empresas mantenedoras e patrocinadoras – por meio de contribuição incentivada a projetos -, além de oferecer serviços especializados e estabelecer parcerias por meio de cooperação técnica e/ou recursos de P&D, entre outros.

A Secretaria de Turismo da cidade informou que tenta encontrar parceiros dispostos ajudar financeiramente na manutenção do espaço. Segundo a diretora de Turismo, Rosângela Falotico, o Conselho de Turismo de Salesópolis (Contur) foi informado em uma reunião dos “sérios problemas financeiros da instituição mantenedora do espaço”.

A Fundação Energia e Saneamento ainda estuda fechar um outro museu no Estado de São Paulo. “É um dos maiores atrativos da cidade e não podemos perder esse patrimônio. O projeto para o fechamento já estava em estudo desde 2015, desde essa época eles estão procurando saídas para resolver os problemas. Nós vamos mobilizar a sociedade, os empresários e buscar apoiadores para que isso não aconteça”, afirma.

A Fundação Energia e Saneamento também informou que também busca apoios e parcerias de instituições públicas e privadas que viabilizem a continuidade de suas atividades, como também da equipe, para o segundo semestre de 2016. “Reafirmamos nossos esforços para manter o importante trabalho, tanto dos museus quanto das demais frentes de ação da instituição, em curso, cumprindo e aprimorando a função social de preservar, pesquisar e divulgar seu patrimônio, por meio de iniciativas de educação, cultura e história a serviço da sociedade.”

O Museu da Energia foi inaugurado em 5 de junho de 2000 e está localizado dentro da usina-parque de Salesópolis. O ingresso para os visitantes custa apenas R$ 4 e a grande maioria do público é composta por estudantes. Já a usina foi construída no ano de 1909 e gerou energia para a cidade até 1986.

aaaa

Turbinas geradoras de energia é um dos pontos
visitados pelos turistas(Foto: Reprodução/TV Diário)

A Fundação Energia e Saneamento foi criada em 1998. O seu objetivo é preservar e divulgar o patrimônio histórico e cultural dos setores de energia e de saneamento ambiental. A fundação atua em várias regiões do Estado de São Paulo por meio da Rede Museu da Energia, do Espaço das Águas e do Núcleo de Documentação e Pesquisa e também realiza ações culturais e educativas que reforçam conceitos de cidadania e incentivam o uso responsável de recursos naturais.

Atualmente, um público de 200 pessoas passa pelo museu mensalmente. Além das visitas monitoradas, o espaço promove exposições, bate-papo e experimentos com os visitantes.

A Fundação Energia e Saneamento informou que é uma instituição privada, sem fins lucrativos, criada há 18 anos com a missão de preservar, pesquisar e divulgar o patrimônio histórico dos setores de energia e saneamento ambiental. Isso é feito em duas frentes: no Núcleo de Documentação e Pesquisa (NDP), responsável pelo tratamento do acervo arquivístico e bibliográfico sob sua guarda, composto por 260 mil documentos fotográfico, 50 mil itens de bibliotecas, 3,5 mil objetos museológicos, entre outros; e na Rede Museu da Energia, com unidades localizadas em São Paulo, Itu, Rio Claro e Salesópolis.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Bibliotecários da UFC criam estante de livros compartilhados

Próximo post

Um sopro no vento

Sem comentários

Deixe uma resposta