0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Por Publishnews

Depois de voltar atrás na decisão de fundir as pastas da Educação e Cultura e dar posse a Marcelo Calero como titular do Ministério da Cultura (MinC), o governo interino vem distribuindo os cargos do segundo escalão da Cultura. Desde o fim da semana passada, Volnei Canônica, velho conhecido do mundo do livro e hoje ainda titular da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (DLLLB), é dado como certo no cargo de secretário executivo do MinC. Para essa semana, está prevista uma nova nomeação, a de presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN). Quem deve assumir é de Helena Severo, funcionária de carreira do órgão. O Diário Oficial da União, até hoje, no entanto, não trouxe a nomeação nem de Canonica e nem de Severo. E, por falar na Biblioteca Nacional, ementrevista ao jornal O Globo, Renato Lessa, que presidiu a FBN nos últimos três anos, declarou que a crise política que levou ao afastamento da presidente Dilma antecipou a sua decisão de deixar a direção da Biblioteca. “Este não é o meu governo. O outro era ruim, esse agora é um desastre”, declarou. Disse ainda que deixará a casa em ordem para assunção de Severo. “Vou deixar para a minha sucessora relatórios sobre tudo que aconteceu, o que está sendo feito e as urgências. Quando entrei, não tinha nada disso”, completou.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Novo Conselho Estadual de Política Cultural toma posse nesta segunda-feira, às 18h, na Alerj

Próximo post

‘Propriedade intelectual é elemento principal dos direitos humanos’, diz Jean Michel Jarre

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *