0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

D’O Globo

Rubem AlvesO educador e escritor Rubem Alves morreu na manhã deste sábado de falência múltipla dos órgãos, informou o Hospital Centro Médico de Campinas. De acordo com o último boletim divulgado, assinado pelo intensivista e cardiologista Roberto Munimis, o paciente, que estava internado desde o dia 10 de julho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por apresentar insuficiência respiratória devido a uma pneumonia, faleceu às 11h50. Mais cedo, em outro boletim médico, o médico relatava a piora da condição circulatória do escritor.

O velório será realizado no Plenário da Câmara Municipal de Campinas a partir das 19h deste sábado. O horário do sepultamento ainda não foi divulgado.

No dia 17 de julho, Raquel Alves, sua filha, postou na página oficial de Rubem Alves no Facebook uma foto de infância e uma atual ao lado do pai, agradecendo o carinho dos amigos:

“Não vou comentar sobre a minha dor e nem da minha família. Isso seria chover no molhado… Mas posso afirmar que prefiro converter a dor, de ver meu pai tão mal – em amor e gratidão por esse homem e esse pai maravilhoso. Seria injusto pensar nele com dor. Uma pessoa que só tem beleza nos olhos e amor no coração – o tempo todo – alma, pura alma…

Quero sinceramente que acima de tudo as pessoas que o amam desejem o melhor para ele, independente do que isso represente. Acima de tudo o AMOR, a gratidão pelas palavras dele que serão eternas. Não há nada mais positivo e mais bonito que isso! E vamos com fé… Agradecemos muito o carinho e boas energias de todos vocês! Que as cores do crepúsculo mais belo preencham o coração de todos”.

Em 2010, o escritor já havia enfrentado um câncer, além de problemas no coração e coluna, que o obrigaram a passar por cirurgias.

Rubem Alves era pedagogo, poeta, filósofo, cronista, contador de histórias, ensaísta, teólogo, acadêmico, palestrante, autor de livros para crianças e psicanalista. Ele nasceu no dia 15 de setembro de 1933, em Boa Esperança, no Sul de Minas Gerais, e morava em Campinas. Cursou Teologia no Seminário Presbiteriano de Campinas, e exerceu as atividades de pastor na cidade de Lavras em Minas Gerais. Em 1963, foi estudar em Nova York e voltou com o título de mestre em Teologia. Em 1968, foi perseguido pelo regime militar brasileiro, que o acusou de subversão. Viajou aos EUA, onde cursou doutorado em filosofia na Princeton Theological Seminary.

Tido como uma das principais referências no pensamento sobre educação, tem uma bibliografia que conta com mais de 160 títulos – entre eles, “O que é religião?” (filosofia e religião), “A volta do pássaro encantado” (livro infantil), “Variações sobre a vida e a morte” (teologia) e “Filosofia da ciência” (filosofia e conhecimento científico) – distribuídos em 12 países.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

João Ubaldo Ribeiro

Próximo post

Fomento à 
pós-graduação

Sem comentários

Deixe uma resposta