0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+
Biblioteca-parque da Rocinha, zona zul do Rio de Janeiro, ocupa uma área de 1,6 mil metros quadrados (Foto: Divulgação)
Biblioteca-parque da Rocinha, zona zul do Rio de Janeiro, ocupa uma área de 1,6 mil metros quadrados (Foto: Divulgação)

Por Nonato Viegas, da Revista Época

Diferentemente do que foi publicado na nota “Sem dinheiro, Rio de Janeiro é autorizado a captar R$ 5,4 mi para manter bibliotecas-parque”, sobre a captação via lei Rouanet de R$ 5.437.760 para a manutenção das instalações, não é a administração estadual e, sim, o Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), contratado pela Secretaria estadual de Cultura, que fará a captação dos recursos. Por contrato, o IDG tem a meta de captar R$ 6,3 milhões. Segundo a secretaria, o restante previsto em contrato será captado por meio de outros incentivos fiscais. O contrato de gestão das bibliotecas-parque vai até dezembro de 2018.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Nova lei proíbe vestibulares para universidades públicas na Argentina

Próximo post

Conheça a biblioteca subterrânea da Síria

Sem comentários

Deixe uma resposta