0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Em todo lugar está,

Já nem sei como controlar

Essa imensa ‘infomaré’

Que é a causa da vertigem.

Do pairar no ar

Sem saber qual usar

Há um mar,

Mas não é o mar de nadar.

O mar me afoga.

Devora-me, te devora.

Quem será o herói

Para salvar?

Essa avalanche de informação

Que não dá para controlar

Seu doto da informação me ajude a filtrar

Esse mar de informação que nem sei como usar.

O bibliotecário cá está,

Representando a informação

Para tentar melhorar

Na busca da informação que me quer afogar.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Um país diferente

Próximo post

Edição 40

Sem comentários

Deixe uma resposta