8
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), órgão do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), está selecionando até amanhã (9) profissionais da informação, dentre os quais bibliotecários, arquivistas e cientistas da informação, para a execução de atividades específicas voltadas a projetos de pesquisa.

O primeiro destes projetos prevê o desenvolvimento de pesquisa para disponibilização, difusão e organização dos conteúdos já digitalizados do CEDOC da Fundação Nacional de Arte (Funarte) no ambiente do site da instituição.

O segundo visa a criação de solução tecnológica para o aprimoramento da gestão da informação produzida nos processos de identificação dos bens culturais, tendo em vista a integração do Inventário Nacional de Referências Culturais (INRC) a uma ferramenta de informação e conhecimento do patrimônio cultural.

Já o terceiro projeto se debruçará sobre o desenvolvimento de pesquisa para o desenvolvimento de ações em matéria da Ciência Aberta para a construção de estratégias no âmbito do próprio Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).

Para concorrer a uma das bolsas, cujos valores variam de R$ 2.500,00 a R$ 6.000,00, o proponente deve atender, obrigatoriamente, às seguintes exigências: 1) ser brasileiro ou estrangeiro residente e em situação regular no país; 2) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta e 3) ter disponibilidade para realizar atividades presenciais na sede deste Instituto, em Brasília.

De acordo com o edital, os critérios para classificação das propostas quanto ao mérito técnico-científico são: 1) experiência prévia em projetos científicos, tecnológicos ou de inovação na área do projeto de pesquisa selecionado; 2) adequação do perfil ao projeto a ser apoiado e 3) alinhamento do histórico acadêmico e profissional às competências e atividades exigidas à execução do projeto.

Além da formação mínima, que vai da graduação ao doutorado, os cargos exigem experiência comprovada com o software livre Tainacan, além de tempo mínimo de experiência com repositórios e acervos digitais, tratamento de base de dados e atividades oriundas de projetos de pesquisa científica. O prazo de vigência dos projetos é de 12 meses se iniciando já no próximo dia 13 de janeiro.

O edital completo e outras informações podem ser acessadas clicando aqui.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Livro: o primo pobre das políticas públicas no Brasil

Próximo post

A quem interessa o problema da orientação sexual de Jesus?