9
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Ampliar o acesso à literatura produzida por escritores e escritoras negros, formar novos leitores e discutir as possibilidades de uma maior inserção da literatura negra em bibliotecas, escolas e livrarias são os principais objetivos do primeiro encontro da Flin – Festa da Literatura Negra, promovida pela Editora Malê e realizada no auditório da Casa França Brasil, no próximo sábado, dia 09 de dezembro, das 11 às 18 horas.

A festa acontece em homenagem aos escritores Carolina Maria de Jesus e Lima Barreto que durante suas trajetórias profissionais encontraram dificuldades para publicar seus livros. Durante o evento serão lançados livros, debatidos temas como a produção, circulação e distribuição de obras da literatura negra e haverá a venda de livros com descontos de até 50%.

Às 11h20 haverá a mesa Através do espelho – A representação da criança negra nos livros infantis, com Elaine Marcelina, autora de As coisas simples da vida, Sandro Lopes, ilustrador de Nana e Nilo e Cássia Valle, autora de Calu: uma menina cheia de histórias, que será lançado durante o evento.  Cássia é atriz e museóloga, integrante do Bando de Teatro Olodum, em Salvador. O livro conta como Calu, uma menina negra, buscou recuperar a história do bairro Boca do Rio, em Salvador, a partir da proposta de construção de um museu a céu aberto.

Em seguida, às 14 horas, haverá a mesa “Entre textos e afetos” com as escritoras Eliane Alves Cruz e Sonia Rosa.  Sonia acaba de lançar o livro Entre textos e afetos: formando leitores dentro e fora da escola, em que aborda temas como a formação de mediadores de leitura e a lei nº 10.639, sobre o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas.

Capa da bibliografia de Carolina Maria de Jesus do escritor Tom Farias. Imagem: divulgação

Às 15 horas vai ocorrer o bate-papo sobre a vida e obra de Carolina Maria de Jesus, com o escritor e biógrafo da autora, Tom Farias.   Às 16h30 haverá o bate-papo Nos movimentos do mundo negro – literatura, representatividade e empoderamento na literatura de jovens autores negros, com Ernesto Xavier, organizador do livro Senti na Pele, Taís Espírito Santo, coautora de Olhos de azeviche: dez escritoras negras que estão renovando a literatura brasileira, Marlon Sousa, autor de As Crônicas de Elf Regnum e Ihzak da Hora, coautor em Histórias de Sacis.

Com entrada gratuita, a Flin – Festa da Literatura Negra – será realizada no auditório da Casa França Brasil, que fica localizado na Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro.

 

 

Serviço:

Festa da Literatura Negra

Data: 09/12

Horário: das 11h às 18h

Local: Auditório da Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro.

Evento gratuito

Site: https://www.facebook.com/events/302109810297014/

Programação:
11h – Abertura
11h20 – Através do espelho – A representação da criança negra nos livros infantis.
Elaine Marcelina, autora de “As coisas simples da vida”.
Sandro Lopes, ilustrador de “Nana e Nilo”.
Cássia Valle, autora de “Calu: uma menina cheia de histórias” (lançamento).
Mediação: Vagner Amaro

14h – Paixão de ler. Entre textos e afetos – Leitura, pesquisa e literatura para um mundo melhor.
Sonia Rosa, autora de “Entre textos e afeto: formando leitores dentro e fora da escola” (lançamento).
Eliana Cruz, autora de “Barrela”
• Atividade integrante da campanha Paixão de Ler
Mediação: Francisco Jorge

15h – Carolina: uma biografia – Ler o Brasil a partir das leituras da vida e da obra de Carolina Maria de Jesus.
Tom Farias, autor de “Carolina: uma biografia”
Mediação: Francisco Jorge

16h30 – Nos movimentos do mundo negro – Literatura, representatividade e empoderamento na literatura de jovens autores negros.
Ernesto Xavier, organizador de “Senti na Pele”.
Taís Espírito Santo, coautora de “Olhos de azeviche: dez escritoras que estão renovando a literatura brasileira”.
Marlon Sousa, autor de “As Crônicas de Elf Regnum”(lançamento)
Ihzak da Hora, coautor em “Histórias de Sacis”.
Mediação: Juca Ribeiro

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Saiba como fazer catalogação de cartões telefônicos

Próximo post

Dez árvores de natal de livros para decorar a sua casa