2
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Começou na última segunda-feira (4) e vai até amanhã (7) a primeira Festa do Livro na Universidade Federal Fluminense (Fluff). Organizada pela Editora da Universidade (Eduff) e a Consequência Editora, a Feira é aberta ao público em geral, no campus do Gragoatá, em Niterói (RJ), das 9h às 20h, nos pilotis dos blocos B, C e D.

Estão participando do evento cerca de 40 editoras, dentre as quais estão Companhia das Letras, Contraponto, Editora Vozes, Editora 34, Alameda, Aleph, Andrea Jakobsson Estúdio, Autêntica, Bazar do Tempo, Boitempo, Dublinense, Elefante, Folio Digital, Lamparina, Lote 42, L&PM, Paço Editorial, Editora Perspectiva, Record, Revan, Todavia, Ubu, Zahar, Editora Unesp e Editora Unicamp e Editora FGV.

São mais de 5 mil títulos das mais variadas áreas do conhecimento, das ciências humanas e sociais a ciências exatas, passando por literatura infanto-juvenil, histórias em quadrinhos, literatura brasileira e a clássica internacional. Nesta primeira edição da Fluff, a bibliodiversidade está se fazendo presente pela variedade de livros selecionados pelas editoras, cujas temáticas são bem atuais, incluindo a defesa das diversidades culturais, étnicas, raciais e de gênero.

Em entrevista para a Agência Brasil, Renato Franco (diretor da Eduff) contou de onde veio a inspiração para a primeira Festa do Livro na Universidade: “A USP [Universidade de São Paulo] faz uma feira de livros há muitos anos e é um sucesso […] No estado do Rio de Janeiro, não há uma feira com tantos descontos.”

Títulos das mais diversas áreas do conhecimento estão na Fluff. Foto: Luciana Rodrigues / Agência Biblioo

Segundo o site da Universidade, o objetivo da iniciativa é promover o mercado de livros no estado do Rio de Janeiro, bem como contribuir para a promoção da divulgação científica e da literatura. “A ideia é que a gente faça anualmente uma feira dessa natureza, porque não temos eventos assim no estado do Rio de Janeiro, especialmente com esse percentual de desconto”, explicou Renato.

Os livros estão sendo vendidos com descontos a partir de 40% e podem ser adquiridos a partir de R$5,00 (uma seleção especial de outlet da Eduff). Segundo os expositores, o primeiro dia do evento foi um sucesso de público e de vendas.

Juliana Dias da Cruz (23 anos), graduanda do 9º período do curso de biblioteconomia da UFF participou da feira como expositora das editoras Zahar e Cia das Letras.  Ela nos contou como está sendo sua experiência na feira: Trabalhar na Fluff me permitiu conhecer um pouco melhor o mercado editorial e trocar experiências de leituras. Iniciativas, como esta, são importantes para aproximar a comunidade da universidade e ver que não somos balbúrdia”.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

A sombra do bambu

Próximo post

Mudança da Secretaria de Cultura atrasa Política Nacional de Leitura e Escrita, dizem parlamentares