0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O espaço colaborativo Infotecarios.com foi criado em 2012 pelos bibliotecários espanhóis Julian Marquina e Diego Vega Ariel e tem como objetivo a distribuição de conteúdos da área da informação e documentação com foco na América Latina.

“InfoTecarios é um projeto da filosofia de ‘crowdsourcing’, que visa alavancar a colaboração e a inteligência coletiva. Assim, cada um dos participantes do projeto fornecer sua visão pessoal sobre diferentes conteúdos relacionados com as áreas de biblioteconomia, documentação e temas relacionados”, explicam os autores.

Hoje, o Infotecarios conta com mais de 28 colaboradores do Chile, México, Argentina, Estados Unidos, entre muitos outros. Mas o espaço busca novos colaboradores. Países como Brasil, Bolívia e Cuba (além de outros) estão com a seleção aberta a quem se interessar em contribuir. De acordo com o site, aqueles que se consideram envolvidos com a ‘cultura 2.0’ e têm o desejo de trabalhar em equipe e gestão do blog, redes sociais e ferramentas da web, podem enviar e-mail para infotecarios@gmail.com (assunto: Incorporação InfoTecarios) com os detalhes de contato pessoal (web, blog, facebook, twitter etc) detalhando as razões pelas quais deseje participar. Outra opção é a colaboração através da publicação de um artigo como “Assinatura convidado”.

Como parte dos trabalhos desenvolvidos pelo Infotecarios.com, nesta quinta foi lançado uma enquete online com o propósito de reunir as melhores práticas em bibliotecas da América Latina.

Mede Jean, autor do post de lançamento da campanha, explica:

Percebemos o potencial das redes de conhecer, através de vocês, amigos da biblioteca, […] elementos de informação considerados exemplares em nossa região.

Sua colaboração não só irá aumentar a conscientização das principais bibliotecas em vários campos, mas outros podem aprender com o exemplo e implementar modelos de alto impacto em toda a nossa região.

Uma vez que fizermos o fechamento da enquete será publicando uma série de artigos sobre as melhores práticas e iremos conhecer os cenários internacionais onde compartilharemos.

 

Para participar é fácil, basta acessar a enquete através do endereço www.j.mp/mejoresbibliotecas (em espanhol).


 

Não deixe de conferir também o texto “Bibliotecário latino-americano: uma reflexão sobre nossa identidade sócio-político-cultural“, publicado  na edição 52 da Revista Biblioo pelo bibliotecários e ativista Wander Filho Pavão.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Sete dos dez maiores museus do Rio não têm alvará dos bombeiros

Próximo post

A biblioteca com impacto ambiental zero

Sem comentários

Deixe uma resposta