0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O sindicato que representa os bibliotecários do estado do Rio de Janeiro, SINDIB-RJ, está nesse momento passando por mais um período eleitoral, que elegerá seus dirigentes para o período de 2015 a 2018, cujo pleito ocorrerá no próximo dia 11. Tudo o que consegui ver sobre esse acontecimento até então foi a notícia no próprio site da instituição, a qual disponibilizo para vocês aqui (https://www.sindibrj.org.br/index.php/2012-06-20-23-03-34/informes).

Alguns bibliotecários, em meados de 2010, se reuniram com o objetivo de ajudar esse Sindicato a defender os direitos dos profissionais bibliotecários, em resposta a uma antiga reclamação da diretoria, de que o profissional bibliotecário “não se interessava por política”. Eu, Luan Yannick, estava nesse grupo, assim como o editor-chefe desta revista, Chico de Paula.

Tivemos naquele momento a participação de profissionais recém-formados e alguns mais experientes que tinham como único objetivo fortalecer a estrutura sindical para que esse tivesse maior poder de barganha para cumprir sua missão: “Defender os direitos e interesses coletivos ou individuais da categoria”.

Porém, esbarramos na burocracia e autoritarismo daquela gestão sindical, que nos impossibilitou a filiação (sim, naquela época pelo menos, o SINDIB-RJ não se preocupava em conseguir mais filiados e assim, recusava dinheiro) e a real participação democrática nas instâncias sindicais.

Em outras palavras, nos pareceu que a gestão não queria colaboradores pensantes, mas meros auxiliares de suas ações. Logicamente o grupo se esvaziou frente a esses empecilhos e os mais de 10 bibliotecários que tentavam fortalecer o sindicato, acabaram por se afastar.

Nos dias atuais, ao menos parte da gestão é a mesma daquela de 2010, inclusive sua presidente, Tatiana de Souza Martins. Ao saber, por meio de uma das integrantes da diretoria efetiva da instituição, que as eleições para o SINDIB-RJ iriam ocorrer nas próximas semanas, fui informado também que a informação havia sido divulgada pela rede social Facebook.

Fui buscar a referida informação no site, mas curiosamente a página do SINDIB-RJ (https://www.facebook.com/sindibrj) não aparece para mim (ver imagem abaixo). Procurando saber no próprio Facebook o que pode ter acontecido, descobri que a página pode ter sido removida, ou pode ter me bloqueado, o que eu quero crer que certamente não aconteceria, dado que imagina-se tratar de uma página oficial do sindicato.

Eleições SINDIB 2

Na página oficial, as reuniões ordinárias, que se dão duas vezes por mês e deveriam estar agendadas desde o início do ano, estavam ainda com as datas de 2014.

Diante da ausência de informações consistentes, no dia 18 de abril entrei em contato com o SINDIB-RJ (https://www.sindibrj.org.br/index.php/2012-07-17-22-51-24), para fazer basicamente três questionamentos.

1 – Quando e em que meios de comunicação houve divulgação do pleito? Essa pergunta visava esclarecer se o SINDIB-RJ está cumprindo o princípio da publicidade (estabelecido por nossa Constituição), divulgando em jornais de ampla circulação, já que divulgar por redes sociais acaba dando a possibilidade técnica de algum interessado ser bloqueado propositalmente.

2 – Como está o calendário de reuniões ordinárias até a data da posse da nova diretoria (marcada para 1º de junho)? O objetivo é saber as datas e horários em que a diretoria está reunida, para possibilitar que questionamentos sejam feitos presencialmente. Após o envio do contato, as datas foram atualizadas. Apesar disso, não o horário em que as reuniões ocorrem. (https://www.sindibrj.org.br/index.php/diretoria/agenda-reunioes)

3 – Quantos são os associados nesse momento e onde é possível obter uma lista dos votantes? É necessário, para lisura das eleições, que haja quórum, e para que saibamos qual o quórum absoluto, é necessário que seja divulgada uma lista dos bibliotecários aptos a votar.

Até o fechamento deste artigo nosso contato não obteve resposta, e mais que isso, estava marcado no calendário eleitoral (https://www.sindibrj.org.br/images/PDF/2015/calendario.pdf) que o prazo final para divulgação do local e horário da votação seria dia 30 de abril, através de comunicação direta aos associados. Quem são os associados nesse momento que podem confirmar essa divulgação?

Não nos parece razoável que um sindicato que representa uma categoria profissional que lida diariamente com informação, realize um processo eleitoral tão às escuras. Será que não seria o caso de recomeçar o processo, prezando pelo princípio da publicidade, não só juridicamente, mas com o intuito de fazer os interessados se engajarem no processo, trazendo assim mais força e legitimidade para o SINDIB-RJ?

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Bombas, porrada e balas de borracha!

Próximo post

Blog do Chico de Paula

Sem comentários

Deixe uma resposta