0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O presidente do Conselho da Coleção Daros Latinamerica, Christian Verling, o diretor artístico da Coleção, Hans-Michael Herzog, e o diretor da Casa Daros, Dominik Casanova anunciaram oficialmente hoje o encerramento da programação da instituição em dezembro desse ano.

Em comunicado oficial, a Casa Daros informou que “a Coleção Daros Latinamerica irá abrir novos caminhos e focar suas atividades públicas no contexto internacional, e redirecionará a Casa Daros para um novo objetivo”.

Segundo o comunicado, “a Casa Daros é parte do patrimônio cultural brasileiro, cujo impacto ressoa pelo continente, e como tal deve permanecer preservada como uma plataforma viva para a população do Rio”.

Desde 2013, a Coleção Daros Latinamerica realizou na Casa Daros do Rio cerca de 20 exposições com suas obras de arte, além de performances, conversas com artistas, oficinas e encontros criativos e “estabeleceu um diálogo vivo sobre arte latino-americana, a partir de seu próprio continente”, diz a nota.

A Casa Daros é um espaço de arte, educação e comunicação, que ocupa um casarão neoclássico do século XIX, preservado pelo Patrimônio da cidade do Rio de Janeiro.

Conforme informações do site da instituição, a Casa Daros é uma instituição da Daros Latinamerica, uma das mais abrangentes coleções dedicadas à arte contemporânea latino-americana, com sede em Zurique, Suíça.

Ela conta com cerca de 1.200 obras, entre pinturas, fotografias, vídeos, esculturas e instalações, de mais de 117 artistas.

A biblioteca

Biblioteca da Casa Daros tem cerca de 7 mil volumes
Biblioteca da Casa Daros tem cerca de 7 mil volumes

O destino da biblioteca da Casa Daros não foi informado. São aproximadamente 7 mil exemplares entre livros e periódicos, incluindo ainda, recursos de mídia e materiais educativos de museus e instituições culturais.

A biblioteca disponibiliza recursos de grande relevância, constituindo um dos acervos mais significativos do Brasil em arte contemporânea latino-americana, com foco nas obras e publicações dos artistas da Coleção Daros Latinamerica.

Além de publicações de diversos artistas em destaque da América Latina, possui um acervo dedicado à arte e educação e uma seleção de livros de arte para crianças em um espaço especial para o público infantil.

Conforme informação oficial, a biblioteca oferece seu catálogo para pesquisa interna, onde o pesquisador pode contar com o auxílio de bibliotecários especializados, duas salas de estudo com seis lugares cada, sendo uma sala de vídeo, e uma mesa central com oito lugares, todas equipadas com tomadas para carregar dispositivos eletrônicos, além de internet wifi.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

"Tarsila e Mulheres Modernas no Rio"

Próximo post

ENEM 2015

1 Comentário

  1. 13 de maio de 2015 a 22:20 —

    Infelizmente há, quase sempre, uma opção por levar espaços culturais para a zona sul do Rio ou centro da cidade. Caso o espaço fosse aberto na zona norte, oeste ou baixada fluminense o imóvel, que custou 16 milhões e teve que passar por uma reforma de 67 milhões, seria muito mais barato e haveria dinheiro para uma sobrevida que pudesse permitir pensar numa recuperação num momento como esse. Está mais do que na hora de pensarmos numa ocupação cultural da periferia.

Deixe uma resposta