0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Em ofício publicado no último dia 13, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) informou que decidiu pela descontinuidade da Capes WebTV. Os principais motivos que levaram o órgão a tomar a decisão, segundo o informe, foram o alto custo do serviço e a baixa adesão por parte das instituições de ensino e pesquisa, participantes do Portal de Periódicos.

Conforme o ofício, a equipe técnica envolvida no processo de adesão, manutenção e atualização da WebTV, além de toda a estrutura de TI necessária para manter o sistema ativo, demandam elevado investimento. Em seis anos de funcionamento, apenas um quarto das instituições com acesso ao Portal de Periódicos aderiram à WebTV.

“Ressaltamos que a Capes vem acompanhando as evoluções tecnológicas e estuda a viabilidade de desenvolver e implementar uma nova tecnologia, que possa substituir a atual proposta adotada na Capes WebTV. Será um modelo alternativo, mais simples e de baixo custo, mantendo a proposta inicial de ser um instrumento de comunicação da pós-graduação junto às instituições brasileiras”, diz a nota.

Ainda de acordo com o documento, haverá um prazo para a instituição preparar internamente os setores envolvidos, como bibliotecas, áreas de TI e setor de comunicação sobre o fim da Capes WebTV. Neste sentido, as instituições que possuem o sistema deverão estar atentas à data de paralisação total do serviço, dia 15 de julho de 2016. Nesta data, a transmissão será suspensa automaticamente, sendo necessário apenas o desligamento dos equipamentos na instituição.

Confira o ofício clicando aqui.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Museu da Loucura é reaberto com objetivo de conscientizar a sociedade

Próximo post

Calero é empossado e diz que será o ministro do diálogo

Sem comentários

Deixe uma resposta