1
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A exemplo de diversas categorias profissionais de todo o país, bibliotecários e demais trabalhadores da cultura estão se mobilizando para participar em todo o país do dia nacional de protestos convocada para amanhã, 10, pelas centrais sindicais.

Os trabalhadores pretendem pressionar o governo a recuar em relação às ações que colocam em risco diversos direitos conquistados pela sociedade ao longo do tempo, como as reformas trabalhista, esta já aprovada, e da Previdência, que neste momento o governo Temer se empenha em aprovar.

No Rio, o Sindicato dos Bibliotecários (Sindib-RJ), que é filiado à Força Sindical, deve participar do ato programado para as 16h na Candelária em apoio à luta dos trabalhadores, embora não tenha sido feito uma convocação oficial.

Nas escadarias da Biblioteca Nacional será realizada às 14h uma assembléia unificada de servidores federais da cultura no estado do Rio. Na pauta, entre outras coisas, a possibilidade de implantação de organizações sociais (OSs) na cultura, como a ameaça que tem sofrido a Fundação Casa de Rui Barbosa.

Em São Paulo o Sindicato dos Bibliotecários  (SINBIESP) também resolveu aderir à paralisação, mas com problemas no seu site, não conseguiu fazer antes a divulgação. Segundo Vera Stefanov, presidente da entidade, o SINBIESP também estará divulgando nos próximos dias um texto sobre sua convenção coletiva de trabalho, fechada este mês (data base 1º setembro).

“Esta difícil negociar, com índices manipulados, as entidades patronais muito resistentes e o profissional como uma grande parte dos brasileiro, ainda não caiu a ficha do que é esta reforma”, explicou Vera, se referindo à reforma trabalhista que entre em vigor hoje.

Confira a programação completa, por estado:

Acre – Rio Branco

08h – Ato com concentração na Praça da Revolução

Alagoas – Maceio

08H – Concentração na praça Sinimbu

Amazonas – Manaus

16h – Manifestação na Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia)

Amapá – Macapá

10h – Concentração na Praça da Bandeira

Bahia – Salvador

11h – Caminhada do Campo Grande até a Praçã Municipal

13h – Manifestação na porta da Previdência Social no Comércio

Brasília

09h – Ato Fora Temer e suas medidas –  Espaço do Servidor – Esplanada dos Ministérios

Ceará – Fortaleza

Marcha da Esperança/ Dia Nacional de Luta contra a Reforma Trabalhista

8h – Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira – Centro)

Região do Cariri

Concentração às 8h30 na Praça da Prefeitura de Juazeiro do Norte e caminhada até a Praça Pe. Cícero.

Espírito Santo – Vitória

12h- Concentração na Praça 8 e caminhada até a justiça do trabalho

17h- Ato na UFES (Universidade Federal do ES)

Goiás – Goiânia

16h- Ato unificado na Praça do Bandeirante

Maranhão – São Luis

05h- Ato na Barragem do Bacanga

Mato Grosso – Cuiabá

15h – Praça Alencastro

Mato Grosso do Sul – Campo Grande

16h – Ato na Praça Ari Coelho com enterro da CLT na superintendência do trabalho

Minas Gerais – Belo Horizonte

09h – Ato na Praça da Estação

Pará – Belém

08h30 – Concentração no TRT na  Praça Brasil – Caminhada até o  Ver-O-Peso

Paraíba – João Pessoa

14h – Lyceu Paraibano

Paraná – Curitiba

11h- Ato na Boca Maldita

Pernambuco – Recife

09h – Assembleia da classe trabalhadora na Praça da Democracia (Derby)

Piauí – Teresina

08h – Ato Unificado – Praça Rio Branco – Com caminhada pelas Ruas do Centro

Rio Grande do Norte – Natal

14h – Ato  com concentração na Praça Gentil Ferreira no Bairro Alecrim. Depois será feita uma caminhada pelas ruas principais até a Cidade Alta

Rio Grande do Sul – Porto Alegre

10h as 14h – Plenária de Mobilização –  Auditório da Igreja da Pompeia (R. Barros Cassal, 220, Floresta POA)

16h – Abraço à Justiça do Trabalho – Av. Praia de Belas

18h – Ato das Centrais – Esquina Democrática

Rio de Janeiro – Rio de Janeiro

16h – Concentração na Candelária – Caminha pra a Cinelândia

Roraima – Boa Vista

09h- Concentração na Praça do Centro Cívico – caminhada pelas ruas do centro

Santa Catarina – Florianópolis

16h – Ato no Ticen

Chapecó

13h – Ato na BRF/Sadia

Lages

13h – Ato em frnte ao Hospital Tereza Remo

Blumenau

06h30 – Panfletagem nos Terminais Fonte e Alterro

Joinvile

13h – Ato na Funcição Tupi

Forquilinha

11h30- Concentração na JBS

Nova Veneza

13h30- Concentração na JBS

São Paulo – São Paulo

09h30 – Ato em São Paulo – Concentração na Praça da Sé

10h30 – Caminhada até a Avenida Paulista

14h30 – Ato de professores e servidores no Palácio dos Bandeirantes contra o PL da Morte

Campinas

17h00 – Ato no Largo do Rosário, no Centro.

Sergipe – Aracaju

15h- Ato com concentração às 15h na Praça Getúlio Vargas (praça da OAB)

Tocantins – Palmas

09h – Em frente a CEF – Quadra 105 Sul – Rua SE 01

*Esta reportagem foi atualizada em 10/11/2017 para acrescentar informações.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Técnico-administrativos da UFRJ aderem à greve a partir da próxima sexta-feira (10)

Próximo post

MinC divulga resultado do Prêmio Ferreira Gullar