0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Conforme informou ontem o portal de notícias G1, três das vítimas fatais do acidente que deixou 15 mortos no último domingo em Paraty eram bibliotecárias. As irmãs Talita e Raquel Amancio, além da amiga Tatiane de Assis Albuquerque aproveitavam o feriado prolongado de sete de setembro e iam de Paraty ao distrito de Trindade, região famosa por suas belas praias, quando o ônibus em que viajavam tombou. Segundo informações da imprensa, o veículo estava superlotado.

De acordo com a notícia, Raquel (41) e Talita (31) costumavam ir a Paraty para frequentar a Feira Literária Internacional (Flip), pois, além de bibliotecárias, eram amantes da literatura.

Amigos e parentes fizeram uma oração no velório de Raquel e Talita Amancio (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Amigos e parentes fizeram uma oração no velório de Raquel e Talita Amancio (Foto: Cristina Boeckel / G1)

Ainda de acordo com o G1, os pais de Raquel e Talita são moradores da comunidade Vale da Simpatia, em Vilar dos Teles, e trabalhavam como vendedores de doces para criar os três filhos, todos com ensino superior, incluindo Talita e Raquel que eram formadas em Biblioteconomia.

Talita, que morava atualmente em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, era, assim como a irmã, apaixonada por viajar tendo realizado o grande sonho de conhecer Londres.

Em nota, o Sistema Firjan lamentou a morte da colaboradora Talita Amancio de Souza. Ela atuava como bibliotecária no setor de Educação Profissional do Senai Petrópolis desde junho. De 2013 a 2015, trabalhou no Senai Valença.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

“Picasso e a modernidade espanhola” chega ao fim

Próximo post

9ª Semana de Biblioteconomia da ECA

Sem comentários

Deixe uma resposta