0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Ao assumir a coordenação da Biblioteca Pública Hans Christian Andersen em janeiro de 2015, recebi informações sobre o potencial da biblioteca e a liberdade para executar projetos de reestruturação, embora limitada pela ausência de recursos financeiros, humanos e materiais, os quais a maioria das instituições públicas vivenciam.

A prática nos mostra que quase tudo pode ser feito ou acontecer na biblioteca, espaço tanto de convivência e cultura, quanto arquivo da memória local. Porém, a sociedade ainda não reconheceu as possibilidades dessa instituição para suprir suas necessidades de informação, cultura e entretenimento. Rebebi também a meta de atrair o público à biblioteca e percebi a necessidade de realizar um diagnóstico para compreensão do problema e formular propostas.

Leia o texto completo na edição 48 da Revista Biblioo. Clique aqui e adquira em nossa loja virtual.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Automação de bibliotecas

Próximo post

O mercado de trabalho em Biblioteconomia e CI

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *