Autor do Arquivo

Débora do Nascimento

mm

É bibliotecária, favelada e descabelada, não necessariamente nessa ordem. Escreve por necessidade e lê por prazer. É editora da Literatura de Gaveta e colaboradora permanente com a Biblioo.

Uma reflexão a partir de “Apocalípticos e integrados”, do Umberto Eco, sobre questões atuais do Brasil

Livro traz uma reflexão filosófica, por vezes em tom de autoajuda, ou lições de vida dadas às crianças durante a trama, mas que tem o objetivo de tocar também os adultos

É preciso compreender nosso lugar de fala para entender nosso lugar no mundo e sermos capazes de lutar, coletivamente, pelo empoderamento do nosso povo

Da iluminação à execução sonora, o espetáculo é um deleite bem montado para instigar as sensações geradas pela história

O momento político e social, no Brasil e no mundo pode parecer não estar para poesia. Mas é a poesia que pode nos salvar justamente nesse momento

A escritora Paulina Chiziane canta o canto dos escravizados e seus descendentes

Ler Kindred faz a gente sentir a dor como se pudesse ser com a gente, como se estivesse acontecendo conosco

Como existe todo tipo de pessoa e todo tipo de livro, certamente haverá um livro que é excelente presente para cada um que você ama, ou para você mesmo

Para além da história de Carolina, o livro é riquíssimo na abordagem de temas sociais complexos e necessários

O estilo da autora nos faz viajar com essa criança que nos conta seus dias, deixando-nos em dúvida se quem conta é a própria criança ou sua versão adulta narrando memórias