0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

RIO – O programa Espaço Aberto Literatura da Globo News do dia 17 deste mês foi dedicado a apresentação de dois acervos valiosos que em breve estarão disponíveis ao público: o do casal Otávio Tarquínio de Souza e Lúcia Miguel Pereira, que foi doado a Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro; e de José Mindlin, o qual terá um prédio construído especialmente para abrigá-lo na Universidade de São Paulo. Pedro Puntoni, coordenador do projeto da biblioteca Brasiliana Guitta e Mindlin, conta que já está prevista a compra de um conjunto de tablets para as pessoas que não queiram ou não possam ter acesso aos originais possam se sentar no sofá com o aparelho e ficar lendo os livros, consultando a coleção etc. A biblioteca Brasiliana será mais que uma biblioteca, destaca Puntoni: “a gente pensa em criar esse espaço de biblioteca ou de bibliotecas, num espaço cultural, de intervenção, de eventos, seminários, leituras dramáticas, leituras pras crianças”, ressalta. São 17 mil títulos em 40 mil volumes distribuídos em um espaço de aproximadamente 20 mil m². Puntoni destaca que o maior valor da biblioteca não é financeira, mas cultural.

O programa mostra o laboratório onde está sendo feita a digitalização do acervo da Brasiliana. O coordenador do projeto destaca que são pelo menos quarenta pessoas envolvidas no projeto, a maioria bolsistas. O apresentador do programa Claufe Rodrigues também conversa com Victor Hitosh, coordenador de processamento de imagens, que ressalta que com a chegada de mais cinco robôs digitalizadores, previsto para breve, o processo de digitalização deverá sofrer uma aceleração.

No segundo bloco o programa mostra a história de amor pelos livros do casal Otávio Tarquínio de Souza e Lúcia Miguel Pereira, ele jurista e historiador e ela ensaísta e crítica literária. A biblioteca foi doada pela família do casal à Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro e ficará aberta ao grande público. Quem apresenta o acero é o neto do casal, Gabriel Fonseca, que fala com carinho dos avós e da responsabilidade que herdou em relação à coleção quando estes faleceram. Vale a pena conferir o programa.

https://g1.globo.com/videos/globo-news/espaco-aberto-literatura/v/biblioteca-guita-e-jose-mindlin-ganha-nova-sede-na-usp/1539807/#/Todos%20os%20v%C3%ADdeos/page/1

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Cordel, a palavra encantada

Próximo post

História, jornalismo e ficção

Sem comentários

Deixe uma resposta