0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O mundo informatizado pensou em coabitar um mundo sem papel, infelizmente esse “mundo sem papel”, não existe e nunca vimos um consumo tão alto de celulose como nos dias de hoje. Porque a carga de informação que cai em nossas cabeças diariamente só cresce, não importa o meio.

Semana passada, um computador que eu usava “morreu”. E sim, eu sei da importância de salvar arquivos, só que não fiz, logo eu que faço milhares de anotações dei esse mole… Quando fui caçar minhas anotações em papel para varias coisas, inclusive para o texto do mês, cadê? Tive que recomeçar a escrever esse texto do zero e com outro tema. Eu tenho o hábito de fazer anotações em papel para tudo e confesso, é chato não encontrar uma anotação quando preciso (por serem muitas).

Isso até encontrar um programa de anotações virtual! Já ouviu falar em blocos de notas digitais? E num programa chamado Evernote? Se não, trata-se de uma ferramenta que conta já com mais de 10 milhões de utilizadores registrados. A princípio, ele parece um aplicativo de agenda comum com uma interface meio desorganizada, mas depois que o usuário se familiariza com o serviço, o Evernote se releva uma excelente ferramenta para organizar tarefas e ideias. Ele não é somente um aplicativo isolado para dispositivos móveis, graças às versões web e para outras plataformas, ele se torna um App essencial com integração na nuvem. E fora os usos comuns com referências nas notas, coisas comum a todos com espírito biblioteconômico, descobri alguns usos bacanas para ele, segue alguns:

1. Web Clipper – Esse recurso é muito útil para guardar páginas web e substitui com eficiência o recurso de favoritos do navegador. O Web Clipper adiciona anotações nas páginas marcadas. O recurso deve ser instalado como complemento (extensão) no navegador, disponível também para dispositivos móveis. O Web Clipper também se integra ao buscador do Google: quando algo relacionado a uma página já marcada pelo Evernote surge no resultado de busca, o Web Clipper exibe uma miniatura desta página no canto direito. Para instalar o Web Clipper, visite a seção do programa no site do Evernote.

2. Cartões de visita – Tire uma foto ou digitalize os cartões que você recebe e o Evernote tornará pesquisável as informações contidas no cartão. Dessa forma, será muito fácil encontrar o contato que você procura.

3. Lista de supermercado – Basta colocar caixas de verificação ao lado dos itens que precisa comprar e então ir marcando à medida em que os coloca no carrinho.

4. Receitas – Organize todas as suas receitas com fotos, links e até sua opinião ou comentários depois de experimentar o prato. (Existe um aplicativo everfood).

5. Senhas – Da bicicleta, de sites, do armário, de conexões Wi-Fi e por aí vai. Você ainda pode criptografá-las usando o botão direito do mouse e acionando a opção Criptografar Texto Selecionado.

6. Livros – Dê uma nota para cada livro que já leu e compartilhe a lista com os amigos. Ou melhor: tire uma foto de cada prateleira da sua estante, e carregue com você a ordem exata e o lugar de cada um dos seus livros.

7. Recibos – Escaneie ou tire fotos de todos os seus recibos, comprovantes ou garantias.

 

8. Livrarias – Se você lê um pouco de tudo quando vai a uma livraria, é interessante registrar uma foto de cada livro que folheou, para escolher depois os que vai de fato comprar.

Bom é isso! Espero que tenham gostado. Se sim, faça seu registro no evernote!

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

A saga das bibliotecas universitárias

Próximo post

Belas bibliotecas do Brasil

2 Comentários

  1. Maria Faria
    24 de novembro de 2013 a 15:33 —

    Eu já usava o Evernote, mas suas dicas me deram ótimas ideias. E sim, o Evernote quebra um galho nos momentos de aperto.

  2. 11 de dezembro de 2013 a 8:52 —

    Uso o Evernote fazem anos e quanto mais informação você coloca nele, mais útil ele fica. O Springpad também é uma ótima opção, para quem gosta principalmente de listas e receitas, já que ele tem alguns tipos de anotações específicas.

    O CEO do Evernote usa uma frase interessante inclusive: "O problema não é o papel, é o uso burro que se faz dele…", ou seja, o aplicativo não tenta simplesmente substituir o papel e sim trabalhar em conjunto com ele.

Deixe uma resposta