0
Shares
Pinterest Google+

Em pleno Século XXI tratar desse assunto pode ser ultrapassado para alguns colegas de profissão, mas infelizmente a maioria das bibliotecas brasileiras possuem sérias dificuldades de automação de seus acervos, produtos e serviços, bem como a emissão de relatórios gerenciais para tomadas de decisão. Costumeiramente, o bibliotecário interessado em realizar a implantação de algum software inicia uma jornada em busca de solução e a primeira opção sempre é o software livre. Mas a grande maioria dos bibliotecários se questiona após uma exaustiva busca: existem softwares de automação de bibliotecas gratuitos e de boa qualidade?

O Software Koha

Durante quase toda a minha vida profissional eu diria que não, que esse software gratuito não existe. Os que se encontram disponíveis no mercado nacional atendem a bibliotecas pequenas, com base única, e em casos que demandam maior estrutura funcionam como espécie de “quebra-galho” ou “tapa-buraco”, até que um bom software seja implantado na instituição. Talvez essa seja a visão da área acerca dos softwares, e motivação para brigas com analistas de sistemas e gestores, que não concordam ou aceitam de imediato a compra de um sistema de bibliotecas.

Leia o texto completo na edição 48 da Revista Biblioo. Clique aqui e adquira em nossa loja virtual.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comments

comments

Previous post

Em memória de Raquel, Talita e Tatiane

Next post

Biblioteca Pública Hans Christian Andersen